Uma delícia que não pesa na balança

* Eliana Simião, Fabíola Blaiso, Flávia Rodrigues e Gabriela Ferrinha

Imagine você saborear um delicioso sorvete naquele calor ou após uma exaustiva sessão de exercícios na academia de ginástica e não sentir aquela culpa, não precisar se preocupar com as calorias? Pode parecer loucura, mas é possível. Estamos falando do frozen yogurt, ou iogurte congelado, que caiu no gosto dos cariocas. Fenômeno nos EUA e Europa, o iogurte congelado é 100% natural, sem conservantes e sem gordura. Além disso, é um alimento de baixa caloria, apenas 80 kg a cada 100g. A moda foi lançada no Brasil em 2007 pela marca Yogoberry e vem conquistando cada vez mais adeptos. É a maravilhosa sensação de saborear um produto criado para seu prazer e saudável para seu corpo.

O Yogoberry foi idealizado para se transformar em um estilo de vida que passasse a idéia de bem-estar, refrescância e sofisticação. Sendo assim, “se a voz do povo é a voz de Deus”, tal conceito está se espalhando e consolidando por todo o país.

O consumo não se restringe a uma única faixa etária. Esta delícia gelada é procurada por pessoas de todas as idades. Cada loja oferece sabores diferenciados de yogurt. O Yogoberry mantém os sabores natural e chá verde durante o ano inteiro e, a cada mês, um novo sabor sazonal é lançado, buscando inovar e atrair a atenção de pessoas com as mais diversas preferências.

Outras redes de frozen yogurt preferem manter os diferentes sabores durante o ano inteiro, como é o caso da Cherryberry, que possui mais de 20 tipos de iogurte, até mesmo de café, e contam com uma clientela fiel. “Tem gente que vem todos os dias aqui na loja e outras pessoas aparecem até duas ou mais vezes por dia”, conta Robson Oliveira, gerente da loja Cherryberry de Ipanema.

Para incrementar, as redes de frozen yogurt oferecem uma grande variedade de toppings, que são complementos como frutas frescas, cereais, caldas, grãos e vários tipos de doces e guloseimas. Cada pessoa escolhe sua combinação predileta. 

As vendas dependem bastante do tempo. Em dias de sol e calor, é praticamente impossível encontrar uma loja vazia e sem filas. Os proprietários garantem que é possível manter uma média de vendas elevada. Algumas franquias chegam a vender 500 unidades do iogurte por dia, faturando cerca de R$ 3.000.

http://www.yogoberry.com.br/

Eliana Simião, Fabíola Blaiso, Flávia Rodrigues e Gabriela Ferrinha são estudantes de Jornalismo da UniverCidade