As boas do fim de ano

O que rola no Rio durante o
período de festas em todo o país
*Alessandra Koblischek, Wilma Amaral e Thaís Maia

O Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa, ou Rio 40º, para os mais íntimos, já está se preparando para o Natal, Reveillón, e claro, Carnaval 2011. Sendo assim, foram selecionadas algumas dicas do que fazer pelo Rio, nessa época de confraternização.

Conhecida mundialmente, a Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas, está debutando. Neste ano, ela comemora 15 anos de idade, cercada de muito brilho e muitas cores. O show acontecerá no dia 4 de Dezembro, e terá, como mestre de cerimônias, o ator, Edson Celulari. Com o tema, “Uma Estória de Reencontros”, o espetáculo contará com uma queima de fogos de 7 minutos, na presença de vários artistas, como Milton Nascimento, Ivan Lins, Carlinhos de Jesus, Coral da Fundação Bradesco, dentre outros. A festa é transmitida pela televisão, mas o bom é poder assistir de pertinho ao espetáculo. A Árvore fica montada tradicionalmente, até o Dia de Reis, 6 de janeiro.

Praça General Osório, entre a Prudente de Moraes e Visconde de Pirajá. Lá está, todo o domingo, das 7hs às 19hs, desde 1968, a Feira Hippie de Ipanema. A feira é antiga, mas se moderniza a cada “edição” e conta com profissionais que fazem artesanato em tecido, pintura à óleo, puffs, móveis, bijuterias, roupas, acessórios, miniaturas, entre outros produtos. Neste Natal, a recomendação é essa: Feira Hippie de Ipanema tem presente pra todo mundo.

Mas, falando em carnaval… A partir do mês de outubro, as escolas de samba começam seus ensaios, e, a cada ano, as quadras têm estado mais lotadas. Feijoada e samba é a união perfeita para todo bom carioca, cheio de gingado e malemolência, e, neste período, as escolas já começam a esquentar seus tamborins.

É chegado novembro e a busca aumenta: Qual é o samba de hoje? – se perguntam os boêmios da Cidade. E tem pra todos os gostos, sambinha, ou sambão, como chamam. Em cada esquina da cidade, você encontra um batuque.

E é neste ritmo e clima de festas, que a Cidade Maravilhosa segue em busca de paz, amor, felicidade e sucesso para todos.

*Alessandra Koblischek, Wilma Amaral e Thaís Maia, estudantes de Jornalismo da UniverCidade.